sábado, 10 de setembro de 2011

ser gaucho parte 1




* Levar um balaço de 38 e gritar: "Quase me acertaram, tchê!"
* Levar um coice nas fuça e dizer: "Mosquito filho da puta!"
* Beber chimarrão pelando de quente, e, quando escorre uma lágrima, dizer que é "Saudade do Rio Grande".
* Montar em cavalo xucro e só apear depois de manso.
* Tirar espinho do "garrão" com a ponta do facão.
* Dormir na geada e acordar suando.
* Fazer charque de carne de cabeça e dizer: "É bem bom!"
* Usar azeite de mocotó no cabelo e lavar com sabão de casa.
* Comparar o mar ao campo, mas com a desvantagem de que afunda.
* Fazer divisa com 3 países: Argentina, Uruguai e Brasil. (Mas ah, porquera!!)
* Palitar os dentes com o espeto.
* Matar a sede com vinagre.
* Fazer a barba com facão e passar querosene.
* Passar a lua-de-mel em São José dos Ausentes, no inverno. (E não encolher o pinto!)
* Não usar esponja no banho, mas um pedaço de telha.
* Dizer que não é orgulhoso, apenas não cabresteia para qualquer um.
* Não se deprimir, mas ficar de orelha murcha.
* Nunca ficar em apuros, mas no mato sem cachorro.
* Cobrir a prenda e soltar um relincho de bagual na hora do orgasmo.
* Defender o principio de que toda mulher deve lutar pela sua igualdade, desde que não interfira no serviço da casa

Nenhum comentário:

Postar um comentário